domingo, setembro 30, 2007

Sinto -me desânimada


Hoje estou triste...tem acontecido tanta coisa.Estou confusa, não sei o que pensar, sinto coisas que não consigo explicar.Não sei se é mesmo tristeza o que sinto, porque também nem o sei definir...é estranho não é? Talvez eu seja mesmo assim, complicada...
Porque no desencanto de estar sempre longe, com tanto amor q tenho pra te dar. Sinto-me ansiosa com o passar do tempo, só q sinto q não tenho tempo bastante para te amar. Acho q vou morrer!!!!
No desespero de perder-lo, eu fiz todas as loucuras q poderia imaginar apenas para tê-lo. Mas nada adiantou...eu te perdi mesmo assim, hj não somos mais dois...vivo na mais profunda solidão!!!
Fico me sentindo vencida pela angústia deste carinho que ficou pra depois. Ah! se eu pudesse te mostrar aqui minha alma? Esfarrapada e ferida, em desespero como jamais vi.
Às vezes, penso no que mais falta nesse mundo amargo, tão mundo e tão frio, perdido e louco como meu pecado q é amar demais,
Morte amiga!!! Porque demora pra chegar?
Me toma em teus braços, ou me ensine novamente a ser feliz e a sorrir.
Pq,nada poderei dar a alguém do q a mágoas de me ver eternamente triste.Sofrendo... sofrendo por um amor...Um amor q não é e nem poderá ser correspondido...uma amor q pintei
Eu sou culpada ou inocente desse amor?
A resposta é...
Q eu aprendi amar vc
sem querer...
sem notar...
sem sentir...
Como uma semente plantada as escondidas, q só deixou contemplar uma vez realizada.
De repente, eu senti...pressenti...do fundo do meu coração, vc acenava. Eu aprendi o amor, vc no seu silêncio de amar, na sua ternura, deixou evidente q nunca pedia nada...que não me prometia nada
Mas, amei-o de mansinho...lentamente...como um simples caminhar...
Amei-o me sentindo amada...protegida...amparada
Amei-o simplesmente e agora o trago comigo para sempre!!!
Mas está apenas dentro de mim, do meu coração....mas distante do meu corpo da minha alma...Não sei se terei vc novamente...
Por um momentos acredito que isto não era um sonho que pintei, mas um dos tantos que criei...E agora, quero acordar desse sonho, antes q seja tarde demais...Te amo, mas não quero te amar!!!!! Eu estou completamente sem noção do que eu quero pra minha vida!!!!! CANSEI!!!!! ME ODEIO!!!! ODEIO MEU CORAÇÃO!!!

3 comentários:

Lindinha disse...

Vc me diz tanto para não desistir.
E não me venha com aquela história de faça o q eu eu falo e não o q eu faço.
A morte é inevitável mas a sua amiga sou eu!
Beijos.

Nete disse...

Olá, eu vi seu cantinho e achei muito legal. Eu desesperadamente procuro um poema que li há muitos anos, e que infelizmente não o tenho mais comigo, procurando na internet encontrei um trecho aqui no seu blog. Eu sei que o nome é PARA SEMPRE, mas não sei o autor. è referente a parte que vc cita, "Amei-o, sentindo-me amada, protegida e amaparada, amei-o simplesmente e agora o trago comigo para sempre". Se vc souber onde posso encontrá-lo ou até mesmo me enviar, meu email é izonete_s.sousa@hotmail.com.
Desde já agradeço
Beijos

fransuellen disse...

Nossa eu amei a sua frase é bem profunda e a vida é assim mesmo nos maes damos todo o amor possivel e ela nao é reconhescido nos podemos dar a nossa vida e nunca ser;a o bastante para ela mais é a vida eles ainda terao filhos e saberao o que amor de pai e mae e que ela é incondisinavelmente o maior amor que se pode existir na vidaque pena que nao é o mais reconhescido!!!... bjs fransuellen