domingo, setembro 30, 2007

Tudo é uma verdadeira merda!!!!!


Ja não basta eu sofrer por amor, ainda tenho q suportar falsidade e hipocrisia dentro da minha própria casa!!!!!
Estou tendo tanto desprezo, minha filha está me dando tanto trabalho, meu marido nem se fala...minha mãe diz q é fase...
QUE MERDA DE FASE É ESSA?
Eu tenho q suportar minha filha como essa ignorância, levantando a mão pra me bater...o outro aqui, nem quer saber se estou bem ou ruim.....agora deu de jogar coisas na minha cara....só pq estou sem trabalhar por esses dias, tenho q suportar ele jogando na minha cara q banca as coisas....QUE VIDA DE FILHA DA PUTA Q LEVO!!! Vou voltar a trabalhar e esquecer essa merda de tratamento!!!!!
Passei um dia de cão hj, nossa como posso viver com um homem tão falso assim? Ele defende a familia q o despreza, enquanto eu q vivo e como merda por causa dele a anos, tenho q ser humilhada...
Juntou ele e minha filha, e pronto, ja vem desgosto....sou xingada, tratada como lixo, e a minha única reação, é chorar, somente chorar!!!!!!!!!Q INFERNO DE VIDA!!!
Não tenho mais vontade de nada, acabou minha alegria!!!
Eu dediquei minha vida inteira por duas pessoas e hj sou recompensada com desprezo!!!
Como posso suportar tudo isso...
Viver sem o homem q amo...
Viver com o meu marido assim com toda essa estupidez...
E aguentar as ignorâncias da minha filha...
Q mal eu fiz pra merecer isso tudo?
NÃO AGUENTO MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
CANSEI DE TUDO E DE TODOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
PRECISO DAR UM FIM EM TUDO ISSO, E O ÚNICO JEITO É .....




Vou dormir!!!!
tomei remédio demais por hj...
E eu q pensei q iria parar com essas drogas!!!!
Amanhã espero acordar melhor!!!
Espero.....

Sinto -me desânimada


Hoje estou triste...tem acontecido tanta coisa.Estou confusa, não sei o que pensar, sinto coisas que não consigo explicar.Não sei se é mesmo tristeza o que sinto, porque também nem o sei definir...é estranho não é? Talvez eu seja mesmo assim, complicada...
Porque no desencanto de estar sempre longe, com tanto amor q tenho pra te dar. Sinto-me ansiosa com o passar do tempo, só q sinto q não tenho tempo bastante para te amar. Acho q vou morrer!!!!
No desespero de perder-lo, eu fiz todas as loucuras q poderia imaginar apenas para tê-lo. Mas nada adiantou...eu te perdi mesmo assim, hj não somos mais dois...vivo na mais profunda solidão!!!
Fico me sentindo vencida pela angústia deste carinho que ficou pra depois. Ah! se eu pudesse te mostrar aqui minha alma? Esfarrapada e ferida, em desespero como jamais vi.
Às vezes, penso no que mais falta nesse mundo amargo, tão mundo e tão frio, perdido e louco como meu pecado q é amar demais,
Morte amiga!!! Porque demora pra chegar?
Me toma em teus braços, ou me ensine novamente a ser feliz e a sorrir.
Pq,nada poderei dar a alguém do q a mágoas de me ver eternamente triste.Sofrendo... sofrendo por um amor...Um amor q não é e nem poderá ser correspondido...uma amor q pintei
Eu sou culpada ou inocente desse amor?
A resposta é...
Q eu aprendi amar vc
sem querer...
sem notar...
sem sentir...
Como uma semente plantada as escondidas, q só deixou contemplar uma vez realizada.
De repente, eu senti...pressenti...do fundo do meu coração, vc acenava. Eu aprendi o amor, vc no seu silêncio de amar, na sua ternura, deixou evidente q nunca pedia nada...que não me prometia nada
Mas, amei-o de mansinho...lentamente...como um simples caminhar...
Amei-o me sentindo amada...protegida...amparada
Amei-o simplesmente e agora o trago comigo para sempre!!!
Mas está apenas dentro de mim, do meu coração....mas distante do meu corpo da minha alma...Não sei se terei vc novamente...
Por um momentos acredito que isto não era um sonho que pintei, mas um dos tantos que criei...E agora, quero acordar desse sonho, antes q seja tarde demais...Te amo, mas não quero te amar!!!!! Eu estou completamente sem noção do que eu quero pra minha vida!!!!! CANSEI!!!!! ME ODEIO!!!! ODEIO MEU CORAÇÃO!!!

sábado, setembro 29, 2007

prisoneira



Vivo rodeada de uma louca confusão que me condena
ando vazia entre olhares que me acusam e me levam
a ser a vítima que sofre sem poder sentir
fugindo de um crime que não cometi
prisioneira
eu sou culpada de dar-me a um amor
que agora me condena
prisioneira
a dor me acusa e a aonde eu vou
sou a prisioneira,vivo entre cadeias
minha vida dupla é um segredo que cobre meu destino
uma maneira de viver que mais que tudo é um castigo
sou o reflexo desse sonho que ficou para traz
uma mentira que apagou minha vontade
prisioneira
eu sou culpada de dar-me a um amor
que agora me condena
prisioneira
a dor me acusa e aonde eu vou
sou a prisioneira, vivo entre cadeias
tenho o direito de ser feliz, recuperar o que perdi
prisioneira
eu sou culpada de dar-me a um amor
que agora me condena



Gabriela Spanic - Prisioneira

Explicando o q sinto por vc

Neste momento como em tantos outros, penso em vc… ás vezes é difícil entender porque gosto d vc, porque é que me faz tanta falta… Queria explicar a mim mesma este sentimento e esta foi a maneira que encontrei para o fazer…



video



Não consigo mais aguentar essa dor q se alojou dentro de mim, por alguns momentos tenho vontade de dar um fim em tudo...Um fim em mim...pra acabar de vez com essa maldita dor no meu coração q cresce a cada dia....



Q droga de vidaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!! Quero parar de chorar mas não consigo!!!!!!

Esse será o meu fim, e não vai demorar muito....infelizmente é a realidade....a partir de hj, não vou mais pensar em mim, não vou mais pensar em cuidar da minha saúde...Estou decidida a acabar comigo e com meu sofrimento...mesmo q seja aos poucos.....bom, ja estou morrendo aos poucos a muito tempo!!!!!!
Não vejo motivo e nem graça pra continuar aqui!!!!!
Nika


Desculpa-me por isso...o fim era mais que inevitável. Quero estar sozinha, mais do que nunca, só comigo!

sexta-feira, setembro 28, 2007

De noite...


Sabe q às vezes não me vem palavras para dizer tudo o que sinto…Confesso que ultimamente a vontade de escrever não tem sido muita, são tantos pensamentos ruins que acabo me perdendo completamente sem ser capaz de os transparecer em palavras…Palavras essas q se perdem por entre esses mesmos pensamentos, e fico horas no silêncio da noite, com essa angústia q muitas vezes me atormentam…Hoje meu dia foi difícil, parecia que o tempo não passava, que os minutos não seguiam o seu rumo natural. Agora a pouco fui até à sacada da minha casa e fiquei ali pensando em tudo, pensando na vida e em que farei dela, olhando o céu nublado, pois é, a noite hj está fria aqui…muitas vezes a noite me envolve, me tranqüiliza…mas tb me atormenta, só q hj enquanto todos dormem uma calma me invade e é algo que não consigo explicar, sinto que é um momento só meu, um momento raro e não o partilho com mais ninguém, ninguém passa, ninguém me olha, ninguém me julga, ninguém sabe que eu estou aqui…e eu estou sozinha, rendida por completo ao mistério da noite. Deixo que os meus pensamentos se libertem, deixo meus pensamentos fluírem e por algum momento parece que fico triste, vazia… mas não… Já passaram horas e eu continuo aqui neste mesmo lugar aproveitando cada momento, pois, sei que em breve irá terminar…a noite vai se acabar...em breve irá nascer o sol, as pessoas irão acordar, a agitação irá recomeçar…a cidade que estava adormecida vai despertar e levar toda a magia desta noite com ela, mas não fico triste, pelo contrário, sinto-me bem, estou feliz…consegui me conhecer mais um bocadinho, me deliciar com uma magia que só eu conheço, q permite a mim mesma um momento só meu…Um momento único...Hj acho q dormirei bem....espero!!

É o fim...


Sem mais nada a dizer
O silêncio impõe-se entre nós
E neste momento sinto-me vazia
Estou completamente deslocada.
Sinto que não pertenço a este mundo
Para o qual tu me arrastas-te
E agora que acordei de toda a ilusão em que vivi,
Estou completamente perdida.
Já não me consigo lembrar do meu mundo,
O mundo a que um dia pertenci…
Deixei-me levar por ti…
Acreditei em ti…
E sem me aperceber envolveste-me por completo
Mas agora tudo mudou
E nada do que possas dizer ou fazer me vai fazer ficar
Não tenho para onde ir…
Nem sei o que fazer…
Mas sei que este é o momento,
O momento do nosso adeus.
Choro…pois sei que acabou…que este é o fim…não posso mais ficar…


A cada dia q passa me sinto mais fraca...e não consigo reagir, tenho medo de morrer por isso!!!!!

quinta-feira, setembro 27, 2007

Elogio ao Amor (O regresso)


" Há coisas que não são para se perceberem. Esta é uma delas. Tenho uma coisa para dizer e não sei como hei-de dizê-la. Muito do que se segue pode ser, por isso, incompreensível. A culpa é minha. O que for incompreensível não é mesmo para se perceber. Não é por falta de clareza. Serei muito claro. Eu próprio percebo pouco do que tenho para dizer. Mas tenho de dizê-lo. O que quero é fazer o elogio do amor puro.
Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão.
Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas da lavandaria.
Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em diálogo.
O amor passou a ser passível de ser combinado. Os amantes tornaram-se sócios. Reúnem-se, discutem problemas, tomam decisões. O amor transformou-se numa variante psico-sócio-bio-ecológica de camaradagem. A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível. O amor tornou-se uma questão prática.
O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade, ficam apaixonadas.
Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há, estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de conveniências de serviço.
Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do ‘tá bem, tudo bem, tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, banançides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas.
Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo?
O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso dá lá um jeitinho sentimental.
Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade.
Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo.
O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar.
O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto. O amor é uma coisa, a vida é outra.
A vida às vezes mata o amor. A vidinha é uma convivência assassina.
O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é um destino. O amor puro é uma condição. Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima.
O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente.
O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende.
O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que quiser.
O amor é uma coisa, a vida é outra.
A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe. Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos. E durante o dia e durante a vida, quando não esta lá quem se ama, não é ela que nos acompanha - é o nosso amor, o amor que se lhe tem.
Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado de quem vive feliz.
Não se pode ceder. Não se pode resistir.
A vida é uma coisa, o amor é outra.
A vida dura a Vida inteira, o amor não.
Só um mundo de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também. "


Miguel Esteves Cardoso

Sonhei contigo


Hoje sonhei com vc!

Me procurou pra dizer que já tinha me esquecido, que já não era a mesma coisa, que eu tinha razão, que nunca iriamos dar certo, que eu já não significava nada pra vc...
Vc me atormenta até em sonhos!!! Mas o pior é que não é só em sonhos que me deixa com um vazio dentro inexplicável. A tempos q não te vejo. Sim, porque agora te evito, sabia?
Tenho medo de te ver, de não ser forte o suficiente e de querer ir falar com vc, ter vc,me entregar a vc pra nada, ou de ver vc chegar perto de mim, e eu não ser capaz de dizer não, ou, ainda pior, de te ver e vc fingir que não somos nem nunca fomos nada um ao outro, de me ignorar e me olhar com o teu olhar indiferente que às vezes sabe ter.
Afinal os sonhos refletem mesmo os medos do nosso inconsciente.
E eu vou continuar fugindo dos meus, até que o destino te ponha a minha frente. Só ele sabe o que poderá acontecer. Com fui estúpida em acreditar que a minha vida era um filme. E que iamos nos ver, correr para os braços um do outro, dar aquele abraço de que sinto tanta falta, chorar, porque a saudade é tanta, e ser feliz...

Como sou estúpida em ainda me iludir de amor...

Nem sei mais o q estou escrevendo...estou nos meus piores dias hoje!!!!


"Quanto mais desejo um beijo seu...

muito mais eu vejo o gosto em viver..."(Djavan)

Uma música...



Mariah Carey - My All (tradução)


Tudo de mim

Estou pensando em você
hoje à noite em minha solidão insone
Se é errado amar você
Então meu coração não vai deixar agir certo
Porque me afoguei em você
E não sobreviverei
Sem você do meu lado
Eu daria tudo de mim para ter
Só mais uma noite com você
Eu arriscaria minha vida para ter
Seu corpo junto ao meu
Porque eu não consigo deixar de
Viver na lembrança de sua canção
Eu daria tudo de mim pelo seu amor hoje à noite
Baby, você pode me sentir
Imaginando que estou olhando em seus olhos
Eu posso lhe ver claramente
Vividamente aceso em minha mente
E você ainda está tão longe
Como uma estrela distante
a quem eu faço um desejo esta noite
Eu daria tudo de mim para ter
Só mais uma noite com você
Eu arriscaria minha vida para sentir
seu corpo junto ao meu
Porque não consigo deixar de
Viver na lembrança de sua canção
Eu daria tudo de mim pelo seu amor hoje à noite
Eu daria tudo de mim para ter
Só mais uma noite com você
Eu arriscaria minha vida para sentir
Seu corpo junto ao meu
Porque não consigo deixar de
viver na lembrança de sua canção
Eu daria tudo de mim pelo seu amor hoje à noite
Dou tudo de mim por seu amor
Hoje à noite

Às vezes basta uma só música para nos levar ao mundo das lembranças e dos sonhos. Recordamos aqueles momentos, voltamos a ouvir aquelas palavras, a ver aquele sorriso, sentir aquele toque. Ai, como dói... Como dói saber que nunca mais se irão repetir... como dói saber que nunca mais vamos estar naquele lugar, abraçados, sentindo nossos corpos... Como dói ter que aguentar a distância da tua ausência, ou pior, sentir a ausência da tua distância que mesmo assim nos sepera! Como dói não ter uma máquina do tempo, o relógio da vida, o espelho da alma...

Como dói saber que as pessoas e os momentos são insubstituíveis...

Seria tão bom se os homens conseguissem fazer regredir o tempo, encurtar distâncias, reconstruir corações... ao invés de bombas, naves, motores....

Não vêem que a saudade de amor destrói muito mais homens?

Ai... como me sinto incompleta, desconhecida, estranha, sem vc...

S i l ê n c i o...


Há quem grite,

Há quem diga,

Há quem chore,

Há quem minta.

Eu não grito,

Eu não digo,

Eu não choro,

Eu não minto...

Mas eu sinto!

Raiva de mim


E hoje estou assim: desiludida! Comigo, com o mundo, com aqueles que são mais importantes para mim! Dia horrível ...quem me dera esquecê-lo...esquecer tudo o que está a acontecer…tudo está acontecendo tão depressa e de forma tão má…A capacidade que tenho de fazer sempre tudo errado é avassaladora…hoje tenho raiva de vc e de mim! Sendo eu a única culpada…te Amo…te Amo…te Ame…queria dizer muito mais, mas agora de nada serve e por isso vou tentar voar, ser livre…queria levar vc comigo, mas certamente não vai querer ir por isso, por entre todas estas minhas lágrimas te digo adeus…
Mas será q adianta lhe dizer adeus se vive dentro de mim....e sempre q escuto sua voz quero te abraçar, te beijar e me entregar toda a vc...
Caramba!!! Isso é uma doença...cansei de viver!!!

terça-feira, setembro 04, 2007

Mais uma noite terrível

QUE MAL HÁ NUMA CRIATURA DESSA, Q CRIADO COM AMOR SE TORNA MAIS AMÁVEL DO Q O PRÓPRIO HOMEM ?



Daqui a pouco vou me deitar, e antes de dormiR penso muito em todas as coisas q acontecem na minha vida....viro de um lado pro outro, levanto, vou até a sala, sento no sofá, torno a pensar na vida, volto pra cama, e nada!!!

Levo horas prá dormir....Todo dia e essa rotina, todo dia meu dilema...tem horas q penso em encher a cara de remédio pra tentar dormir maid rápido, mas o q me adiantaria? De qualquer forma teria q acordar no outro dia, com a mesma dor, com a mesma angústia, as mesmas dúvidas...e as mesmas perguntas... Pq tem q ser assim? Até quando? Será q um dia postarei aqui q acordei bem, passei o dia melhor ainda e pude dormir em paz?



Não perdi minha esperança nisso!!!!



Agora a pouco chorei muito, vi o quanto o ser humano é ruim, capaz de judiar de animais indefesos, afim de transformá-los em monstros!!! Acabei de assistir uma reportagem na TV falando de cães Pit Bull...Tenho um q amo demais e é meu companheiro, sabe quando estou triste, sabe quando estou mais alegrinha...me diverte...pará quieto e olha pra mim com a carinha de piedade quando estou chorando...ele senti q estou sofrendo...ele sabe quando estou triste...

Sofro muito quando animais humanos usam tais cães para fazer rinhas, a ponto de vê-los morrer sem fazer nada...e no fim, quando se tornam cães agressivos e atacam uma pessoa...são considerados uns demonios....

É mais uma prova de quanto o ser humano não tem amor, a uma criatura criada por Deus, quem judia de um animal, tb judia de uma pessoa, e eu vejo muito isso!!!


Nossa quanta maldade nos corações das pessoas!!!

Bom agora vou tentar dormir, amanhã irei comprar minha passagem pro Rio de Janeiro

Vou pra lá no feriado do dia 7, espero poder me divertir, preciso disso, vou encontrar pessoas q amo muito, são especiais pra mim...amiga maravilhosas...elas ainda conseguem me fazer sorrir , mesmo quando quero chorar rs


segunda-feira, setembro 03, 2007

Cada poça dessa rua vc vai sentir minhas lágrimas

video

Está tão difícil


Eu só queria simplificar minha vida, estou em momentos conturbados...Quanta angústia, tanta solidão...Acho q estou colhendo o que plantei.
Acordei hj tão magoada, coração apertado. É tão ruim viver assim.
Sinto como se as poucos eu estivesse morrendo, nada me alegra...
Passo o dia inteiro nessa situação, não tenho forças nem pra chorar....
Dói muito dentro de mim...
QUE DOR INSUPORTÁVEL!!!!
Um dor inexplicável.....
O vazio percorre todo meu corpo. Lembranças mil, percorrem a minha cabeça e vejo fantasmas do passado, onde eu achava que era feliz!!!
Queria saber pq isso ocorre...todos os dias todas as horas....q falta é essa q sinto?....q doença é essa chamado AMOR?!!!
To cansada!!!! Está difícil demais....
Mas um dia se passou e eu na mesma....Que saco!!!!!!!!!!!!!!!!
Bom, vou deitar um pouco!!!! Preciso dormir, pq ao menos ameniza essa dor e essa saudade q me corrói por dentro!!!


AH! SE EU PUDESSE!


Às vezes, gostaria de soltar o verbo Da minha garganta árida e poder Dizer tudo isso que me queima Por dentro das paredes flácidas Do meu estômago que nauseia Quando tenho que engolir... Todas as palavras mal ditas Que ocasiona meu riso amargo... Às vezes, gostaria de desatar os nós Dos punhos que me prendem... Nesta cela estreita onde ora me escondo Com medo do grito de liberdade Que encolhe meus tímpanos ocos Que ofusca meus olhos cegos de ver Que suga meu sangue nas veias de aço... Às vezes, gostaria de alforriar... Essa alma escrava que habita em mim Dizer tudo que penso do mundo e das pessoas Falar tudo que me desnorteia o coração Bradar evocações sem direção exata... Sair sem tempo pra retornar Voltar sem respostas e indagações Correr sem cansar Andar sem pressa Sorrir sem chorar Desabotoar o casaco que veste o frio E deixá-lo desnudo diante da minha visão! Às vezes, eu gostaria de subir aos céus Com um belo cavalo alado (todo branco) E conhecer o paraíso que me espera... Mas, acho que me perdi de Deus!


Solidão toma conta da minha vida


SOLIDÃO
Taciana Lima
Sozinha escuto meus passos,

Sozinha nos meus pensamentos

Sozinha na tarde sombria

Sozinha de teus sentimentos

Sozinha te ouço na noite

Sozinha escuto tu'alma

Sozinha me encontro agora

Sozinha com a minha calma

Sozinha me ponho a lembrar

Dos escritos de momentos

Pois sozinha nunca está

Quem tem nobres pensamentos

E sozinha te desejo

Sozinha imagino te ver

Sozinha na minha saudade

Na solidão de teu ser

Pq acho q não sou feliz

As vezes me pergunto, pq tanta tristeza em meu peito?
Quando penso q tudo vai ficar bem, eu acordo de manhã e vejo q estou do mesmo jeito, com os mesmo sentimentos.
Me sinto só, mesmo rodeada de pessoas, tenho uma carência q não sei de onde vem, e angustia q me mata por dentro a cada dia!!!!

Hj acordei achando q tudo iria mudar, mas agora anoite me bateu uma tristeza, q não sei de onde vem e pq?
Ai vida!!!! Queria resposta pra tudo isso!!!!