sábado, setembro 19, 2009

A saudade dói


Há algum tempo eu não postava, na verdade me faltava inspiração, pois, nesses últimos meses minha vida resumiu-se a uma única pessoa... MEU PAI, que faleceu no último domingo dia 13 de setembro...
Essa perda não está sendo nada fácil pra mim, mas tenho certeza que vou superar, afinal, ele estava sofrendo demais e seria egoísmo da minha parte querer que ele continuasse aqui com tanto sofrimento, pois agora sei que ele descansou.
Ele sofreu por dois anos...
Primeiro ele teve a tristeza de perder as suas funções renais devido ao diabetes, e com isso encarava três vezes por semana aquelas terríveis sessões de hemodiálise. Há um ano, sofreu um infarto, passou por uma cirurgia de pontes de safena, ficou em estado de coma por um tempo, e com isso mais sofrimento...
Não era fácil sua vida, tudo era limitado, como por exemplo: líquido (água, café, sucos e etc.). Não podia ter retenção de líquido, visto que já não tinha seus rins funcionando, resumindo, só era permitido de 300 a 500 ml de liquido ao dia, pois muitos alimentos também fazem com que nosso organismo retenha líquido, qualquer exagero nesse sentido e se tivesse adquirido muito peso o sofrimento na máquina de hemodiálise era ainda maior. E todos os dias ele passava mal. Meu pai se acabou durante esses dois anos. Mas não imaginávamos que o sofrimento maior ainda estava pra vir.
Um problema de rouquidão em sua voz começou a nos preocupar, pois se passavam os meses e a voz dele ficava ainda mais rouca, alguns médicos diziam que poderia ser o tubo que ele usou por mais ou menos um mês durante seu estado de coma na época da cirurgia do coração, mas o tempo foi passando e as coisas foram piorando ao ponto de cuspir sangue e ter dificuldade até de respirar. O levei a outro médico, ele se preocupou e ao mesmo tempo foi feito uma endoscopia e viram um tumor na garganta. Não tive coragem de dizer nada ao meu pai, pois até então, não sabíamos se era ou não maligno. Se meu pai já não se conformava com o fato de ter seus rins parados, um câncer naquele estagio de sua vida, lhe seria cruel demais. Inventamos uma história e continuamos o tratamento ate termos a certeza do que realmente era
Depois de uma biopsia, raios-X e ressonância magnética foram concluídos, ficou claro que meu pai tinha um grande tumor maligno na garganta, e esse tumor estava crescendo rapidamente. O médico nos informou que o meu pai teria que fazer uma cirurgia inicial para uma traqueostomia, pois ele não estava recebendo oxigênio suficiente e poderia se sufocar a qualquer momento.
Meu pai estava com câncer, e não sabíamos como contar a ele, pois até aquele momento conseguimos esconder, mas depois foi inevitável. Procuramos o médico cirurgião que cuida da parte de cabeça e pescoço, e ele lhe deu a noticia simplesmente sem nenhum sentimento e emoção, meu pai desabou, foi como se o chão tivesse se abrindo e ele estivesse caindo dentro daquele buraco... e naquele momento eu odiei o médico, queria saber se havia estudado pra ser tão insensível ao ponto de nem preparar o paciente pra dar uma noticia tão ruim como aquela.
Enfim, não tinha nada a ser feito, a não ser a cirurgia, em um homem, que apesar de novo, pois tinha apenas 56 anos, era renal crônico, cardíaco e totalmente deprimido. Esta cirurgia foi muito complicada e não havia qualquer possibilidade de só colocar a traqueostomia, teriam que mexer no tumor também, por fim, abriram o pescoço de meu pai de fora a fora e uma parte do ombro pra retirar outros nódulos encontrados... Foi um mês de sofrimento, o câncer já estava se espalhando e ele ficou ainda mais debilitado...
Eu sabia que todos esses anos de tabagismo ( quase 45 anos fumando) iria lhe prejudicar de alguma forma, mas eu não achava que seria tão novo, ele só tinha 56 anos! Isso é muito cedo para mim, embora a qualquer momento nunca seja um bom momento quando se trata de câncer...
Estou arrasada, e aos pouquinhos quero postar aqui, tudo que aconteceu com meu pai desde a fase de choque quando soube da doença, até a fase da aceitação, quando soube que não havia nada mais a ser feito, ele sabia que tinha outro caminho a seguir, por fim ele partiu!


Este era meu pai....

e a única coisa que posso dizer agora é que a saudade é enorme

e que um dia com certeza vamos nos encontrar num lugar melhor do que aqui!

Fique em paz!



OBS: AGRADEÇO A TODOS VOCÊS PELA FORÇA QUE ME DERAM NESSES ÚLTIMOS DIAS E AGRADEÇO TAMBÉM AOS SELINHOS QUE ME PRESENTEARAM DURANTE MINHA AUSÊNCIA.... MUITO OBRIGADA !!!


AMO TODOS VOCÊS!!!


34 comentários:

Valquíria Falcão disse...

Hoje conheci um héroi
Hoje conheci uma héroina
Hoje conheci uma vida
Hoje conheci uma luta
Hoje conheci verdadeiros guereiros...
Seu pai e você...
Nunca pense que vocês perderam está luta, não...vcs são verdadeiros vencedores pois mesmo com tudo que já havia acontecido lutaram até o último instante....

Beijos....Deus te abençoe.

Zeroglota disse...

Cara!
viu o comentáio da garota ai em cima?
"Val"
Perfeito!
Me comovi com o relato que aqui vc fez deste tempo todo.
e concordo plenamente com o que Val, q aqui tão sábiamente comenta
E sei que apesar de a tão pouco tempo te conhecer, que fara desta, o começo de uma nova jornada
Onde sua História,com certeza nos dara uma lição de vida,
Aliás, já o é


Obrigado
pela coragem!
Abraços
Sidney

Selma Demiciano disse...

Querida Nike,
Nem tenho palavras pra dizer sobre essa luta... Desu te deu forças pra passar por tudo isso e dará agora pra superar esta tão dolorida perda. Ele descansou.
Tenha fé amiga!
Receba meu carinhoso abraço e meus mais verdadeiros sentimentos.
Amo você e estou aqui...
Beij♥s, fica com Deus.

Selma Demiciano disse...

Oi amor...
Tem presente pra você!
Beij♥s

Green Goes disse...

Oi Baby.

Obg pela visita e por ter se divertido com a postagem.

Luz, Proteção, Saúde e Fé....O Tempo melhor remédio..

Mitti disse...

Oi Nike bom dia!
Eu vi o post que o Lukas fez pra vc na época em que seu pai faleceu.

Confesso que tive vontade de vim visitá-la, mas sabe, eu me acho muito impotente nessas horas, sem contar que o meu maior pavor é a morte.

Eu perco noites de sono imaginando qdo eu morrer ou qdo minha mae morrer...nossa.

Eu fico mal.

Agora lendo o seu relato, senti o seu sofrimento e tristeza.....chorei tb.

Não posso dizer que sei o que vc está sentindo pq não sei....pai eu nunca tive, mas a minha mãe pra mim é como meu pai e minha mãe e não consigo nem imaginar a hipótese de ela partir.

Peço A Deus por vc, que a ajude a aceitar (pq eu acho que superar é impossível)tudo isso, pois como vc mesma disse, ele tava sofrendo muito e agora está descansando.

Ahhh e muito obrigada por ter ido ao meu cantinho tá?

bjinho e fique bem!!

bjoka

Desabafando disse...

Triste seu relato...me imaginei no seu lugar...mas eu não acredito que nada seja por acaso. Ele deve ter cumprido sua missão, resgatado o que tinha pra resgatar através dessas doenças todas. Meu pai já teve infarte, e quando vc contou do seu pai, na hora lembrei de todo o drama que vivi na época....hoje eu entendo pq ele precisou passar por aquilo...ele tinha coisas pra aprender com aquele sofrimento. Não é fácil! Mas deixe nas mãos de Deus. tenha fé! Fique bem e que encontre forças pra ir superando esse momento. Só o fato de vc botar isso pra fora aqui, já irá te ajudar a diminuir o peso em seu coração. Boa semana!

Márcia Paula disse...

Oi Nikke,
todas suas amigas já deixaram cometarios de ajuda e consolo, não a mais nada a dizer a não ser: QUE DEUS ESTEJA COM VOCÊ, SEMPRE!
Um beijo no seu coração!

Branca disse...

Querida Nike, vim aqui pra agradecer por teu cuidado especial em ter passado em meu blog e deixado um recadinho dizendo que havia sumido porque estava passando por problemas. Mas querida, eu jamais podia supor que era esse o seu problema. Me comovi até o mais profundo do meu ser com teu depoimento. Eu perdi meu pai no dia 13 de agosto de 2005, (detalhe: véspera do dias dos pais), e sei exatamente o que é a dor de perder "o pai da gente". Sei que a lacuna que fica é irreparável. A falta do abraço, da presença, do carinho, do olhar, da proteção que a simples existência deles nos dá, o chão que eles são pra nós, nossa raiz, nosso fundamento. Eu sei amiga, eu sei como é. Ele ainda me faz falta, e muita falta mesmo. Minha esperança é um dia saber que vou reencontra-lo, vou poder dar um abraço nele bem apertado e espero que não haja mais separação. Sei que quando encontra-lo vou entender o porque dele ter partido tão prematuramente, assim como voce tambem saberá. Meu pai morreu de um infarto fulminate, numa tarde em que saiu pra comprar pão. Meu telefone tocou e uma pessoa me falou que ele estava na Santa Casa, e eu fui pra lá sem fazer ideia do que podia ser. Chegando lá o médico com a mesma frieza do que falou pro teu pai que ele estava com cancer me falou que meu pai estava morto. eu pirei, tipo, como assim? Meu pai estava bem, saiu pra comprar pão e como podia ter morrido. Me doi saber que eu não estava com ele e que não pude fazer nada por ele naquele momento. Me dói saber que ele passou mal, que estranhos o socorreram, que ele deu o ultimo suspiro dele longe de qualquer familiar. Isso dói muito pra mim. Mas por outro lado me consolo em saber que dei pra ele todo o amor que pude durante toda a vida dele, que sempre fomos amigos "os melhores", que sempre falei "eu te amo", que sempre dei-lhe abraços - eu adorava abraça-lo, eu sempre saia com ele de braço dado na rua, sempre. São essas coisas, esses momentos que guardarei dele. e digo o mesmo pra vc. Sinto muito mesmo por tudo que seu paizinho passou e certamente a familia toda sofreu junto. E ele teve muita sorte por ter tido uma familia maravilhosa do lado dele o tempo todo!!!

Bjos querida e muita força pra vc. Conte comigo se precisar.

se quiser me adicionar no msn: arerafel@hotmail.com

Érica disse...

É assim mesmo, não estamos acostumados a lidar com as perdas, mesmo as inevitáveis. Que bom que tens esse pensamento contigo, de que ele descança em paz, isso ajuda o coração acalmar. Muito triste esse post. :(
Beijo grande pra você!

Mågø Mër£Îm disse...

Ele ta bem, acredite! E você tbm vai ficar... vai saber como lidar com essa saudade sem fim

Beijo...

Lais disse...

Seu pai realmente sofreu muito...a morte para ele foi um alivio desse sofrimento, e onde ele estiver pode ter certeza que ele estará melhor! E existe muito blogs de pessoas com cancer, são relatos interessante de força e coragem, talvez seja bom para vc ler sobre o assunto.


beijoo e forças!!

Lu Nogfer disse...

Olá minha doce amiga!

Historia triste essa nao!?
Mas lembre-se meu anjo:Por maior que seja a falta e a saudade , ninguem parte dessa vida deixando um vazio...Sempre fica uma grande história,uma grande emoçao,uma grande liçao...E o mais importante seu pai tambem nos deixou:Uma grande herança "VOCê"!Uma menina sensivel e ao mesmo tempo forte!E que esta pronta a nos passar aqui liçoes de vida deixadas por um grande homem que lutou até o fim!Eu acredito que todos nos temos uma grande missao aqui, e Deus nao nos leva enquanto nao a cumprirmos!Isso nos serve de conforto pq sabemos q ele foi em paz!Com sua missao cumprida!E ainda deixou vc para semear palavras que sei que a muitos ajudarao!E saiba que ja esta!Depois, pelo msn,lhe conto sobre uma pessoa que leu esse post e entao vc vai entender melhor o que quero dizer!
Agora siga em frente minha amiga!Voce nao veio ao mundo atoa!Quem sabe essa, nao é a sua grande missao entre outras!?

Fique com Deus minha querida!Que Ele abençoe ricamente a vc e a todos os seus!
Coragem,fé,força e um forte abraço a todos aí!!!

Beijinhos

Sayuri disse...

Não se preocupe, comente apenas quando quiser :)
E Nike, fico muito triste de saber que seu pai passou por tanta coisa antes de partir. Mas graças a Deus, ele conseguiu ir em paz lá pro outro lado e agora tá descansando tudo o que ele merece.
Nike, Deus está sempre do nosso lado e você vai passar bem por essa. São os votos sinceros de uma pessoa comovida. Beijos.

Luiza disse...

Oi, que bom ter vc novamente, não tenho muito a dizer, todos falaram e sei como é triste lidar com essa doença, o câncer, a falta de emoção de alguns profissionais, enfim toda essa caminhada espinhenta que a pessoa e a família percorre. Foi muito triste tudo isso que seu pai passou, mas como vc disse agora ele não está mais sofrendo. Ele está olhando por vcs. Estou fazendo esse comentário, fiz um anterior, quero continuar no seu blog, mas talvez eu n consiga comentara respeito, mas estarei sempre enviando forças pra ti e sua família.
Um beijo e que Deus fortaleça cada momento de dificuldade de superar essa dor.

Bleeding_Angel disse...

Oi meu anjo...
Olha, infelizmente, naum ha nada q eu possa dzer q te conforte, eu sei, canso de dzer isso, mas eh um fato. Assim como a Mitti, me sinto totalmente impotente nestas horas, principalmente no virtual, pois pessoalmente, estar presente, ao lado, sem dzer uma palavra, pode significar mta coisa...
Poxa... naum teve como naum chorar ao ler sua postagem. Seu pai sofreu horrores msm meu anjo e sim, me revolta dmais, ontem tava ateh postando no blog da Dany a respeito q deveria haver uma campanha pra Humanizacaum da Saude, pq os profissionais saum totalmente sem etica e sem nocaum!
Gnt q lida soh com maquinas o dia todo tem mto mais sensibilidade q esses monstros q lidam com vidas!
Desculpe a revolta aki, mas eh q tenho passado por maus bocados tbm nas maos destes "profissionais"¬¬.
Nike, se sentir q naum aguenta a barra, procure ajuda. Alias, seria interessante toda sua familia, os mais proximos, buscarem.
O luto naum eh coisa facil, lidar com perdas eh algo mto doloroso pro ser humano.
E q seu pai, finalmente, descanse em PAZ.
Bjos meu anjo e desculpe qlquer coisa.

Escrevo Palavras e Choro Poemas... disse...

Oi querida! tenho certeza q vc fez valer a pena cada instante, agora faça a vontade dele: seja feliz!bj*

Escrevo Palavras e Choro Poemas... disse...

Oi querida! tenho certeza q vc fez valer a pena cada instante, agora faça a vontade dele: seja feliz!bj*

Escrevo Palavras e Choro Poemas... disse...

Oi querida! tenho certeza q vc fez valer a pena cada instante, agora faça a vontade dele: seja feliz!bj*

Visionário disse...

Partiu.
O barco foi se afastando, se afastando, até sumir no horizonte.

Mas ele encontrou seu destino, e lá é só festa.

Um dia você irá reencontrá-lo, e tudo se fará novo. O que era velho ficará pra trás.

Deus é luz e estou certo de que te conforta todos estes momentos. Meus sentimentos.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Nike,

Sinto muito, sei o que significa essa dor. Minha mãe partiu, mas nos deixou lembranças eternas e felizes.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Vicente Caldas disse...

olá Nika.
Vou me servir nesse momento das palavras do Pedro Bial na sua crônica "A morte". ele diz: Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. Espero que vc retome logo sua rotina, pois o luto em demasia debilita o corpo e a alma.

um bj

ALGUÉM disse...

Olá! Depois de um tempo sem postar.
Além de te visitar aproveito pra dizer que tem post novo!
Dá uma passada por lá! Grande Abraço.E muita paz pra vc.

Desabafando disse...

Pra te alegrar um pouquinho...tem selinho lá no meu blog pra vc!

CLEITON CAC disse...

Sinto muito por vc, de coração desejo que Jesus lhe faça forte e que sua fé aumente ainda mais, confie em Jesus, basta confiar que tudo fica um pouco melhor nessa situação, vc é forte e sabe disso, bjs linda Deus te abençoe e todos ao seu redor.

Maah disse...

Olá!
Estava xeretando o seu blog e adorei seus posts!
Lamento sua perda e posso dizer que sei a dor de ver uma pessoa querida sofrer tanto. Mesmo sem conhecer seu pai acredito que tenha sido um lutador!
Forças e boas vibraçoes pra vc, sua nova "seguidora"

Lais disse...

Tem selo para vc no meu blog...



forças!

Lady Vedder disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lady Vedder disse...

Oi moça!

Como vc está?

Somente hoje entrei no seu blog, não entro quase no meu, mas sempre que entro vejo o seu.
O meu blog anda quase abandonado, por muitas razões que qualquer hora te conto melhor.
Lamento muito o que aconteceu a seu pai. Mas vc vai encontrar forças para superar mais esse golpe da vida.
Não tem muito o que eu possa dizer para minimizar sua dor, mas precisado de algo, pode contar comigo. Notei que seu pai sofreu muito e com certeza ele está em um lugar muito melhor e sem sofrimento hoje.
Me escreva quando puder.

Beijo querida!

Confissões de Um Ego disse...

OI primeiramente obrigado pelo lindo...

Agora o mais importante...Sinto muito pelo seu pai...mas como vc disse sei que ele está agora num lugar melhor e sempre estará olhando por vc. Agora vc tem um "Anjo da Guarda" só seu....

Não sei o que falar sobre isso pq nunca vivi algo assim (pelo menos não tão proximo) mas desejo do fundo do coração que vc volte a ter aquele brilho e alegria de sempre.... sei que em momentos dificeis perdemos a vontade de td...mas por experiencia propria em momento dificil te digo...escreva nem que seja pra falar que o dia esta ensolarado ou nublado....pq o carinho e a atenção das pessoas mesmo que distante ajuda muito....

No mais desculpe o testamento...e saiba to aqui...firme...do seu lado a qualquer hora pode gritar...que eu venho...

Bjos

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

Fabricante de Sonhos disse...

Oi Nike!
Que saudade daqui! Sumi, mas agora voltei com tudo, viu?

Olha, também perdi meu pai aos 18 anos... É uma dor muito dura e intensa...
Mas sabe... A gente aprende a lidar com ela. De verdade. Ela nunca vai embora, mas uma hora se ameniza.
Vc vai conseguir!

Muita força pra vc e muita luz para o teu pai, que com toda certeza quer te ver sorrindo!
E eu tb!

Um beijo enorme!

­­ disse...

Oi Garota!
Kd vc?
Espero q hj,já tenha retomado sua
rotina
Sei q é uma nova fase,e adaptar se
a um novo lugar,um lugar tão diferente, mesmo q fisicamente, seja o mesmo. Ocupar, tomar posse
deste lugar dentro de nós, não tarefa fácil,
E talvez,seja em tais momentos
que precisamos de quias,quias
a nos apresentar este novo lugar
Pq parece,q não conhecemos todos
os nossos becos, ruas,e vielas
Amigos, são estes quias,q nos mostram,mesmo sem nos conhecer de todo,a alamedas e avenidas de um novo lugar.
Lugar q somos.
De um sinal
Saudades'
Beijos.
Sidney,Zeroglota

Laysha Vampira disse...

Compartilho sua dor... a perda de meu pai tbm me deixou exatamente como está se sentindo,a saudade nunca vai deixar de doer... pois aonde existe amor de verdade... a saudade sempre é presente.
Mesmo sem lhe conhecer... já sinto por ti grande amizade.
Beijos.