sexta-feira, março 27, 2009

Pra você

Escrever, de verdade, eu não sei direito, porque não nasci com alma de poeta e bem que gostaria... Portanto, tento juntar as letras, afim de expressar o mais puro dos sentimentos que é o amor que sinto por você...
Meus sentimentos são sinceros e nascem de mim tão puros, como nascem as águas da fonte, como puro nascem os botões de rosa, como siceros são os cânticos de todos os anjos.
Não esqueço os momentos que vivemos juntos. E essa saudade me devora, a dor da sua ausência e a consciência tenebrosa da sua distância me fazem desejá-lo mais e mais...
A todo instante sua imagem aparece diante de mim, como que para me martirizar mais ainda, porque não posso lhe abraçar e nem lhe beijar com toda força dos meus sentimentos. Mas sabendo que o destino é mau e não aceita um amor sem sofrimento, vou me conformando, procurando compreender que o tempo é o senhor da razão.
No silêncio da noite, meus pensamentos se transportam para o momento em que nós nos conhecemos e o tempo que passou até aqui, parece uma gota de chuva que nunca tornou a cair. Incapaz de penetrar profundamente no combate do tempo.
E neste momento,desfruto de tudo que há de novo, em pequenas coisas, que me fazem feliz. Sem voltar ao meu trajeito a procura de novas reações, perfeição e amizade. Reconheço o impossível e o possível da vida. Onde o segredo de gostar é tão simples como viver e sonhar.
A razão de poder gostar, é ser capaz de aceitar alguém da maneira que é, reconhecendo seus valores e seus objetivos. E eu amo você, com todas suas falhas e todos os seus defeitos.
Embora meu coração ainda esteja em pedaços, sonho com sua volta. Pois, minha vontade é que ficassemos eternamente juntos, vivendo toda felicidade do mundo, cada qual participando da vida do outro, dos mesmo problemas, das agonias e da sorte, na vida e na morte.
Então volte!
Pois sou eu o reflexo da sua energia, eu sou você...

NEM A MORTE MATARÁ NOSSOS AMORES,
QUE FLORECERAM NA ILUSÃO FEBRIL E MANSA.
SE EU MORRER, EU VIVEREI NAS TUAS DORES,
MAS TE LEVANDO EM MINHA ÚLTIMA LEMBRANÇA...

4 comentários:

Visionário disse...

Oi, Nike.
Vejo um astral melhor do que o que costumava encontrar antigamente... vejo esperança. E isso é bom!

Pra quem diz que não nasceu com a habilidade de escrever, de poesia, você escreve muito bem. Modéstia sua...

Queria ainda apenas comentar uma frase sua: "sabendo que o destino é mau e não aceita um amor sem sofrimento". Na realidade, viver implica em sofrimento, com ou sem amor. Com amor, pode fazer sentido. Sem amor, é apenas tormento.

Dizem que aqueles que procuram um Cristo sem cruz encontrarão, na melhor das hipóteses, uma cruz sem Cristo. Porque se até mesmo Deus, no seu filho Jesus, precisou passar pela cruz para demonstrar a grandeza do seu amor, não será diferente conosco. É no fogo que se prova o ouro!

Sucesso pra você!

Vicente Caldas disse...

Oi Nika! Sofrendo muito heim ? Ah, o amor e seus devaneios, suas chagas e seus bálsamos. Minha amiga, se não for possivel pra vc reatar seu relacionamento,( espero que sim)confie no tempo, ele tudo cura, tudo renova, nada resiste a sua passagem. Agora me lembro de um refrão de uma canção que diz "para quem tem sede um copo d'água, para quem tem tédio um novo amor". Enquanto o tempo passa com sabedoria, fique alerta para perceber os sinais que ele te aponta. Um abraço
Vicente

Confissões de Um Ego disse...

obrigado pelo carinho e pela visita..estou um pouco ausente mas logo volto...pra nos conhecermos melhor...te linkei e ao pouquinhos vou lendo aki pra te conhecer melhor bjoksss

O Profeta disse...

Para que a terra não trema
Para que esta Ilha seja de boa guarida
Mil e muitas ave-marias
Para iluminar tanta alma perdida

Em meu peito bate a fé
Sou um caminhante de muda revolta
Olhos presos a este manto verde
Alma que se ergue e fica solta


Boa Páscoa


Mágico beijo