terça-feira, abril 01, 2008

Será q querer é poder?




Como eu queria sumir, desaparecer, não mais existir. Não queria que falassem mais de mim. Um nome, uma pessoa que nunca existira. Como eu queria que os dias fossem diferentes, que cada hora fosse uma hora especial.

Como eu queria não ter mágoas ou já ter chorado por alguém, no fundo sempre precisamos, mas eu não queria ter que passar por isso. Como eu queria não ter que me surpreender sem aviso prévio.

Como eu queria estar sozinha, não sentir nada, dor, tristeza e nem precisar de nada ou de ninguém. Seria muito mais fácil tolerar a dor. Como eu queria ser mais fria.

Como eu queria poder demonstrar toda a minha indignação a alguém que nunca entende o pecado que comete contra a gente, sempre saímos derrotados e com histórias mal explicadas, isso não é justo.

Como eu queria não ter que me machucar, conhecendo a fundo a verdadeira máscara das pessoas á minha volta. São muitas surpresas e quase sempre terminam com uma das partes sendo derrotadas, nesse caso eu.

Como eu queria esqueçer tantas coisas, algumas foram possíveis. Consegui esqueçer parte do passado, mas não o passado em si, e preferia nunca ter que lembrar dele, mas dizem que o presente e futuro se completam com ele.

Como eu queria não ter que lidar com pessoas invejosas, o poder e as palavras as tornam cegas demais ou mesquinhas demais para enxergar seus atos.

Como eu queria que as pessoas fossem mais humildes e se arrependessem de suas maldades, seja pedindo perdão ou desculpas, mas isso é querer demais.

Como eu queria esqueçer aquele amor, ou aquelas amizades. São lembranças que eu nunca vou deixar de ter, mas sei que posso esqueçer um dia.

Como eu queria amar e ser amada, mas ainda que não seja, também posso viver sem isso. Vamos longe com ou sem amor, o que importa é a luta em si e não o antes dela, mas sim o depois.

Como eu queria que me entendessem pois sinto algo como se não me entendessem mais, é como falar e continuar na mesma.

Como eu queria que os amigos fossem mais amigos e demonstrassem isso sem precisar de palavras duras ou apenas de presenças raras, afinal amizade não é isso.

Como queria não ter que sofrer, me deprimir, talvez em certos momentos até mesmo preferia não ter de viver. São tantas coisas que nos desanimam a continuar, não sei o que é pior.

Como eu queria não ter que ficar sozinha, mas já estou e agora? Eu queria tantas coisas, mas nada disso é alguma coisa, são só palavras, palavras que não causam mais nenhum impacto, ou será que causam?

Ah como eu queria que parte dos meus sonhos fossem reais. Como eu queria não houvessem mentiras, e como eu queria que as pessoas fossem diferentes. Como eu queria poder dizer que sou feliz.

Como eu queria que tudo fosse diferente, que eu, você e todo mundo fosse diferente, e pudesse se entender sem ter que se machucar. Como eu queria que todos voltassem atrás naquilo que fazem.

Como eu queria que promessas fossem cumpridas, mas nunca são. O egoísmo é forte demais pra deixar que iss ocorra.

Como eu queria não ter que me cansar tentando fazer tudo com perfeição, nem sempre isso serve de alguma coisa.

Como eu queria que todos se levassem mais a sério e me levassem também. Tantas situações poderiam ser diferentes.

Como eu queria uma nova chance, um novo começo, uma nova vida, um novo eu.

Como eu queria.

4 comentários:

Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Zololkis disse...

SECURITY CENTER: Look Please Here

Aluguel de Computadores disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Aluguel de Computadores, I hope you enjoy. The address is http://aluguel-de-computadores.blogspot.com. A hug.

Guhn disse...

See Please Here